Termogênicos Naturais

Termogênicos naturais podem driblar efeitos colaterais de industrializados

Termogênicos Naturais

Termogênicos Naturais | Segundo médico, em receitas acompanhadas, o óleo de coco, café, pimenta-vermelha, chá verde, canela, gengibre e alho são excelentes substistitutos para os pré-treino

Um dos grandes problemas de atletas que iniciam os treinos nas academias é a adaptação aos termogênicos. Palpitações, dores de cabeça e problemas imunológicos podem ser alguns dos efeitos colaterais desses suplementos. Uma solução para quem é mais sensível a esses produtos pode ser natural e acessível.

A dica é do médico Theo Webert, que atua em nutrologia e reequilíbrio corporal. “Óleo de coco e café, por exemplo, é uma ótima opção para ser consumida antes do treino, pois melhora bastante a performance e oferece ação termogênica, que ajuda no emagrecimento”, afirma.

Segundo o médico, que atua em São Paulo, Rio e Brasília, a bebida passa a estimular o seu sistema nervoso, por responsabilidade do óleo de coco, que é cheio de gorduras boas que auxiliam também no controle da sua fome. “O ideal é que a bebida seja consumida uma vez ao dia, se possível pela manhã e, não leva nenhum tipo de açúcar ou adoçante”, sugere.

O médico explica que por ser natural, a receita evita por exemplo palpitações, pressão arterial alta ou até um ataque cardíaco. “Termogênicos industriais podem te levar da euforia à depressão rapidamente. Irritações ficam mais frequentes e pessoas ansiosas, depressivas ou com transtorno bipolar são mais suscetíveis a esses efeitos colaterais específicos”, diz.

Outros alimentos naturais podem surtir o mesmo efeito dos termogênicos, sem os problemas geralmente relatados pelos usuários. “A pimenta-vermelha, o chá-verde, o gengibre, a canela e o alho são alimentos ricos e com propriedades de elevar a temperatura corpórea, acelerar o metabolismo, produzir energia e fornecer saúde”, informa o médico.

O médico lembra ainda que qualquer um desses alimentos naturais auxiliam e muito o sistema imunológico. “Com termogênicos convencionais, a imunidade fica prejudicada basicamente como consequência da irregularidade no sono que os termogênicos causam. Não dormir direito acarreta em vários males, entre eles te deixar fraco e doente”, finaliza.

Como em qualquer dieta, no entanto, o médico orienta que o paciente procure o auxílio de um profissional especializado antes de aderir à qualquer tipo receita. “É importante mencionar que esses alimentos devem ser consumidos com cautela por pessoas com restrições médicas, já que não são indicados por quem tem problemas de hipertensão, problemas cardíacos, intestinais, disfunções na tireóide, úlceras ou insônias, por exemplo”, elenca.

 

Pin It


10 perguntas e respostas sobre a SOJA

Aprenda mais sobre a SOJA neste quiz!

A soja é um alimento de grande importância nutricional, que é sempre tema de discussão e ainda causa dúvidas sobre seus efeitos e benefícios. O Brasil é o segundo maior produtor do grão no mundo, porém os brasileiros ainda têm muitos questionamentos sobre sua importância.

Curiosidades sobre a SOJA

Faça o quiz e descubra se você sabe tudo sobre a soja.

Perguntas sobre a soja

1. Qual o principal nutriente presente na soja?
a)         Vitaminas
b)      Proteínas
c)      Carboidratos
d)      Fibras

2. Que tipo de doenças o consumo de sua proteína ajuda a prevenir*?
a)      Doenças digestivas
b)      Doenças contagiosas
c)      Doenças cardiovasculares
d)      Doenças cutâneas

* como parte de uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis

3. Para quem a bebida à base soja é indicada?
a)      Pessoas intolerantes à lactose
b)      Pessoas com alergia à proteína do leite
c)      Pessoas que buscam uma alimentação equilibrada
d)      Todas as alternativas

4. Quais crenças populares sobre a soja são falsas?
a)      Tem hormônios femininos
b)      Não pode ser consumida por crianças
c)      Deve ser evitada por homens
d)      Todas as alternativas são falsas

5. A soja é indicada para consumir em qual momento do dia?
a)      Café da manhã
b)      Pós-treino
c)      Café da tarde
d)      Qualquer momento do dia

6. Qual é a quantidade de proteína de soja que deve ser consumida diariamente para ajudar a diminuir o colesterol*?
a)      30 g
b)      25 g
c)      20 g
d)      10 g

* como parte de uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis

7. Quando comparada ao leite, as bebidas feitas com soja, tem:
a)      Proteína de mesma qualidade
b)      Mais gorduras saturadas
c)      Mais colesterol
d)      Mais lactose

8. Existe alguma diferença entre as bebidas feitas com extrato de soja e as preparadas com proteína isolada da soja?
a)      Não existe diferença alguma.
b)      Sim. A bebida feita com o extrato de soja preserva os outros nutrientes presentes na soja, como fibras, gorduras boas e vitaminas.
c)      Sim. A bebida feita com proteína isolada da soja tem maior quantidade de aminoácidos.
d)      A diferença existente é só de sabor.

9. A qualidade proteica da soja é inferior à das proteínas animais?
a)      Sim, é muito inferior.
b)      Não, é semelhante. E ainda possui naturalmente menor teor de gordura saturada.
c)      É semelhante e ainda naturalmente isenta de colesterol.
d)      Respostas b e c.

10. Quais são as consequências de acrescentar soja na dieta?
a)      A soja fornece proteína de boa qualidade
b)      Não faz diferença
c)      Não se deve consumir soja durante a dieta
d)      A soja faz engordar

Respostas da Nutricionista

A nutricionista Lara Natacci, do DietNet, explica as respostas:

1)      B – Cultivada há milênios pelos orientais, a soja é uma fonte de proteína, já que cerca de 35% do grão é composto por este nutriente. Mesmo sendo de origem vegetal, ela tem proteína de alto valor biológico, o que significa que ela tem todos os aminoácidos necessários ao nosso organismo, em quantidade adequadas. Quando comparada à proteína de origem animal, como a do leite, por exemplo, ela tem qualidade similar.

2)      C – A soja é rica em proteína de boa qualidade e a ANVISA reconhece que o consumo diário de 25 gramas de proteína de soja por dia, dentro de uma alimentação equilibrada, ajuda a reduzir o colesterol. Além disso, quando comparada a alimentos fonte de proteína animal, a soja é uma fonte proteica com teor menor de gorduras saturadas.

3)      D – De origem vegetal, a soja naturalmente não possui lactose, portanto as bebidas à base de soja podem ser consumidas por indivíduos com intolerância à lactose, pessoas com alergia à proteína do leite e aqueles que buscam ter uma vida saudável e alimentação equilibrada, pois é uma boa maneira de ingerir proteína de alta qualidade com baixo conteúdo de gorduras e ainda naturalmente sem colesterol.

4)      D – Todas essas crenças populares são falsas.
– Estudos recentes comprovam que o consumo de soja é seguro para todas as faixas etárias, podendo fazer parte de uma alimentação equilibrada e aliada a hábitos de vida saudáveis tanto para crianças quanto para adultos.

– A soja não deve ser evitada por homens, pois não há nenhum estudo relevante que aponte que ela cause alterações hormonais; e, pelo contrário, ela pode ser consumida por aqueles que desejam manter uma dieta equilibrada.

5)      D – A soja pode ser consumida de diversas maneiras e a qualquer momento do dia. Seja através do grão em refeições ou nas versões em bebidas de soja, em vitaminas e shakes.

6)      B – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou a alegação de que o consumo diário de no mínimo 25g de proteína de soja pode ajudar a reduzir o colesterol. Seu consumo deve estar associado a uma alimentação variada e a hábitos de vida saudáveis.

7)      A – A soja, quando comparada com o leite, naturalmente apresenta zero lactose e zero colesterol, além de ter proteína de boa qualidade (assim como o leite), mas com teor de gorduras saturadas menor, por ser de origem vegetal.

8)      B – O extrato de soja é obtido a partir da moagem dos grãos de soja com a água, preservando, assim, as proteínas, os carboidratos, as gorduras insaturadas, as vitaminas e os minerais. Já a proteína isolada da soja é extraída da farinha de soja desengordurada e possui no mínimo 90% de proteína. Dessa maneira, o isolado proteico de soja contém somente proteína, e os demais nutrientes são eliminados na composição do produto final. Na composição de bebidas feitas com extrato e com proteína isolada da soja a quantidade de proteína e, portanto, de aminoácidos, é similar.

9)      D – A proteína da soja é considerada de alta qualidade. Se comparada às proteínas de origem animal, a soja possui uma quantidade consideravelmente menor de gordura saturada, com a vantagem de ser isenta de colesterol, como todos os alimentos de origem vegetal.

10)  A – A soja, como fonte de proteína de boa qualidade, pode ser incluída dentro de uma alimentação equilibrada para indivíduos de todas as idades.

 

Pin It


7 alimentos para combater a ansiedade

Sua ansiedade pode ser combatida com uma boa dieta e exercícios físicos!

Vamos deixar aqui 7 alimentos que você pode incluir na sua alimentação para ajudar a combater a ansiedade. Muitas pessoas engordam porque comem por ansiedade e não porque estão com fome, por isso se comerem os alimentos certos, em horários regulares e acrescentarem uma rotina de exercícios físicos podem minimizar a ansiedade, que normalmente vem junto com o stress, seguido por depressão e muitas outras doenças. O “mal do século” pegou você? Então veja como se livrar dele com a ajuda da alimentação saudável!

7 alimentos que combatem a ansiedade

1-Oleaginosas

Amêndoas, Castanha de Caju, Castanha do Pará, Nozes e demais oleaginosas, entre vários outros benefícios como ajudar a combater os sinais de envelhecimento e reduzirem o colesterol ruim do sangue, são ricas em magnésio, triptofano e vitaminas do complexo B. Todos esses componentes são importantes para ajudar a produzir a serotonina, uma substância responsável, entre outras coisas, pelos transtornos do humor e regulação do sono.

Atenção à quantidade! As oleaginosas possuem alto valor calórico, então não exagere na porção diária.

2- Alimentos com Vitamina C

A Vitamina C atua como regulador do Cortisol, hormônio do stress. Níveis de cortisol alto à noite, por exemplo, pode perturbar seu sono! Por isso inclua Limão, laranja, acerola e mexerica 2x ao dia (prefira fruta fresca aos sucos).

3-Chocolate

Não é a toa que o chocolate vicia e conquista as mulheres principalmente no período da TPM. Isso acontece porque o chocolate contém feniletilamina e triptofano, precursor da serotonina. E além disso, ainda libera endorfina, que provoca relaxamento e bem estar. Como não amar um alimento desses? Prefira as versões com alto teor de cacau (em torno de 70%) e não exagere na quantidade: 25 a 30g por dia já são suficientes.

4- Aveia

2 colheres de sopa por dia são suficientes para ajudar o intestino a funcionar bem, algo que é essencial para o combate à ansiedade, já que o intestino também produz a serotonina (cerca de 60% da serotonina presente em nosso organismo). Veja receitas com Aveia publicadas aqui no blog!

5- Folhas verdes escuras

O ácido fólico e magnésio presentes no agrião, couve, rúcula e espinafre promovem a produção de serotonina e dopamina. A grande vantagem desses alimentos é que se pode comer à vontade, e elas ainda combatem anemia, osteoporose, estresse, doenças do coração e atuam até na prevenção do câncer.

6-Peixes e frutos do mar

Já é sabido que o ômega-3 presente em peixes e frutos do mar aumentam os níveis de serotonina e ainda protegem o coração. Inclua esses alimentos 3 vezes por semana em sua alimentação!

7- Alface

Outro alimento que pode ser consumido à vontade, tem fibras e lactucina, considerado um calmante natural pois causa relaxamento e ajuda a combater a insônia. Dê preferência aos talos!


 

Viram como não é difícil colocar esses alimentos em sua dieta? São saborosos, fáceis de serem encontrados e promovem inúmeros benefícios à sua saúde além dos mencionados aqui. Lembre-se de que os exercícios físicos também produzem serotonina, então ajudam a combater a ansiedade – além de estarem relacionados a melhora da memória e do raciocínio. Pratique sua atividade física favorita pelo menos 30 minutos diariamente, ou pelo menos comece com 3x durante a semana e vá aumentando a medida que se sentir melhor. Consulte sempre um médico antes de começar as atividades para saber se a saúde vai bem, e só comece dietas restritivas com a ajuda de um nutricionista.

 

 

Pin It


Biomassa de banana verde – benefícios

A biomassa de banana verde é um dos ingredientes mais consumidos por quem busca uma alimentação saudável

Biomassa de banana verde | Quem gosta de comidas saudáveis e naturais já conhecem ou já comem esse ingrediente, e para falar a verdade, ele é um ótimo aliado na sua dieta. Sabe do que estamos falando? Da biomassa de banana verde, uma preparação que se faz com a fruta bem verde, formando um creme espesso capaz de ser acrescentado a preparações como molhos, bolos, biscoitos, pães, sucos e vitaminas. Ela ajuda no emagrecimento, melhora a imunidade, controla os níveis de colesterol, e ainda proporciona muitos outros benefícios.

A biomassa de banana verde é uma forma saudável de aproveitar todos os benefícios desta fruta. Antes de amadurecer, a banana é rica em amido resistente, um nutriente que contribui para a saúde intestinal, promovendo saciedade e protegendo o coração.

Ela não tem contraindicação, apenas para quem realmente não pode comer banana, do contrário todos podem usufruir desse ingrediente na sua rotina. Fique atenta também para não consumir em excesso, afinal ela pode provocar gases e até deixar o intestino solto. Aliás, para quem tem restrição alimentar ao glúten e a lactose ou tem diabete, ela é excelente por não conter traços desses ingredientes e ter o mínimo de absorção de gordura e açúcar.

Biomassa de banana verde

BENEFÍCIOS DA BIOMASSA DE BANANA VERDE

  • Ajuda a emagrecer
  • Combate a depressão
  • Ajuda na saúde do coração
  • É pouco calórica, com alto teor de amido resistente e baixo teor de açúcares
  • Ajuda no controle da glicose no sangue
  • Contém vitaminas como A e complexo B
  • Melhora a imunidade
  • Pode substituir o leite condensado, creme de leite, maionese porque, ela funciona como um espessante

Quando bater aquela vontade de comer algo doce, você também pode usar a biomassa para criar o seu. Separamos uma receita de BRIGADEIRO FUNCIONAL super fácil para você!

Ingredientes

  • 1 copo de leite
  • 2 colheres (sopa) de chocolate 70% cacau
  • 1 colher (sopa) de farinhade maracujá
  • 1/2 xícara (chá) de biomassa de banana verde
  • Confeitos para decorar (granulado, chocolate picado, coco ralado, lascas de amêndoas ou de castanha-do-Pará)

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes numa panela, exceto a biomassa. Mexendo sempre, mantenha a mistura em fogo médio (180 ºC) até começar a soltar do fundo da panela. Acrescente a biomassa, misture e desligue a chama. Espere esfriar e leve ao congelador por aproximadamente 3 horas. Retire, faça bolinhas e passe no confeito para decorar.

Obs: A orientação é não ultrapassar o consumo de duas a quatro colheres de sopa de biomassa de banana verde por dia. Faça a quantidade que quiser e congele em saquinhos o que vai usar por dia! A biomassa congelada pode ser usada em até 3 meses e na geladeira em até 5 dias. Para descongelar e continuar com a espessura inicial, utilize um pouco de água para dissolver em panela aquecida em fogo brando.

Gostou das dicas? Não deixe a biomassa fora da sua dieta, além de não ser quase calórica e uma delícia! Depois de um dia de treino preparar sua comida com ela vai ficar ainda mais fácil! Anote as receitas! Corra para praticar sua atividade física com aquele look fitness de deixar todo mundo com inveja e depois prepare sua receitinha!

Pin It


Tipos de açúcar

O açúcar faz mal sim, mas podemos diminuir os efeitos consumindo algum que tenha mais propriedades nutritivas. Veja quais são os tipos de açúcar e os que têm mais nutrientes para nosso organismo!

TIPOS DE AÇÚCAR | Que o açúcar faz mal todos nós sabemos – é um ingrediente perigoso, que de fato deve ser ingerido com moderação, já que o uso desregrado pode provocar a obesidade e desenvolver a diabetes – mas você sabe quais são os tipos de açúcar e os benefícios que eles têm e que podem auxiliar na sua dieta deixando seus doces um pouco mais saudáveis? Apesar de o açúcar branco ser o mais comum nas prateleiras e nas residências, leve sempre em consideração que, quanto mais escuro é o açúcar mais propriedades nutritivas como, sais minerais e vitaminas, ele vai ter. Já a cor branca quer dizer que, ele recebeu aditivos químicos no refinamento e fez com que o ingrediente perdesse muitos dos seus nutrientes.

Acucar cristal

São grãos maiores e transparentes, que fazem com que o açúcar seja mais difícil de ser dissolvido nos líquidos. O refinamento leve utilizado tira mais ou menos 90% dos sais minerais compostos no ingrediente.

Acucar refinado

É o mais branco de todos os açúcares, e o mais comum usado em receitas de sobremesas, bebidas e no café. No seu refinamento ele recebe enxofre, que o deixa com a cor mais uniforme.

Acucar de confeiteiro

Parece uma farinha de tão fino. Passa por um refinamento que tira os cristais grossos para depois receber uma quantidade pequena de amido de arroz, milho ou fosfato que evita que os grãos fiquem grudados.

Acucar Mascavo

Ele não é refinado, portanto é natural e livre de produtos químicos. É produzido a partir do caldo recém extraído da cana e por isso é bruto, úmido e escuro. Por não precisar passar pelo processo de refinamento ele conserva a maioria de seus nutrientes.

Acucar light

É combinação do açúcar refinado com adoçantes artificiais, como o aspartame, que, adoça quatro vezes mais que açúcar comum, que conserva o gosto do açúcar. As receitas devem ser adaptadas para serem adoçadas com ele.

Acucar organico

Tem a cor de caramelo claro. E do plantio à industrialização, não utiliza produtos agrotóxicos e nem componentes químicos artificiais. Ele possui cristais mais grossos e escuros que os outros. O seu valor nutricional é parecido com o mascavo.

Acucar frutose

É usada pelos diabéticos quando se descobriu que a substância não necessitava de insulina para ser metabolizada, mas não existem opiniões iguais em relação ao uso da frutose entre os especialistas em diabetes. O importante é lembrar que a frutose presente na dieta produz menor aumento na glicemia quando comparada a quantidades iguais em calorias de sacarose e de amido, o que é um bom sinal.

Acucar demerara

É produzido semelhante ao açúcar mascavo, porém ele não altera o sabor dos alimentos como faz o mascavo. O demerara é refinado de forma leve, sem receber nenhum aditivo químico. Usado no preparo de doces mais sofisticados, é um dos açúcares mais caros do mercado.


Se quer aproveitar e fazer alguma receita light que precise de açúcar escolha entre o mascavo ou o demerara. Depois, partiu academia novamente com um look fitness lindo e bora perder as calorias que ganhamos! Nós da Specialita Fitness ❤ doces porém amamos mais cuidar da nossa saúde, então nada em excesso, ok!?

Pin It


10 benefícios do chocolate

A Páscoa chegando e você na dieta? O chocolate meio amargo pode ser sua salvação! Conheça os benefícios do chocolate para o seu organismo!

O chocolate é a bola da vez, afinal a Páscoa está chegando, e mesmo que você esteja na dieta vale quebrar pelo menos um dia para dar aquela saboreada, uma vez que o consumo moderado pode trazer alguns benefícios para a sua saúde. Portanto você não estará quebrando totalmente sua dieta, apenas coma aquele que tenha mais cacau e consequentemente menos teor de açúcar e nada ou quase nada de leite, pois ele ajuda seu organismo.

Tipos de chocolate

Se puder escolher entre os tipos de chocolate, escolha o meio amargo ou amargo, que contém uma quantidade maior de cacau, acima de 50%. O chocolate amargo é também uma ótima fonte de magnésio, cobre, ferro e manganês. Potássio, zinco e selênio também estão presentes em menores quantidades no chocolate amargo. Atenção, caso usado para fabricar outros doces como ovo ou bolo, tenha cuidado, pois quando aquecido ele perde sua propriedade nutritiva.

Muitos nutricionistas entendem que a quantidade também tem que ser balanceada e não deve ultrapassar 30 gramas por dia, equivalente a uma barra pequena ou dois bombons. Fique atenta a isso.

Chocolate na dieta pode?

Confira abaixo os pontos positivos que ninguém te conta sobre o chocolate:

  1. Pesquisadores da Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, divulgaram em 2008 que o chocolate auxilia no combate ao câncer de intestino. Ele possui propriedades antioxidantes, que serviriam para proteger as células das degenerações do tumor.
  2. Diminui o estresse, apresentando níveis menores de hormônios circulando no seu sangue. E dá a sensação de bem estar, pois ajuda a liberar o hormônio serotonina.
  3. Protege contra derrames, por ser rico em antioxidante que reduz a inflamação das artérias prevenindo assim, contra a formação de trombos na corrente sanguínea, e consequentemente o AVC.
  4. Acelera o metabolismo, queimando gordura. Isso ocorre por dois motivos, de acordo com o Journal of Proteome Research, o chocolate amargo contém gorduras monoinsaturadas que têm a capacidade de estimular o organismo a utilizar mais energia proveniente dos estoques de gordura. Já um estudo divulgado pela Universidade Queen Margareth, da Grã-Bretanha, revelou que o chocolate amargo tem um grande impacto na maneira como o organismo sintetiza os ácidos graxos (gorduras), pois tem o poder de reduzir a digestão e absorção de gorduras e carboidratos. O doce é rico em cafeína, que acelera o metabolismo e ajuda a queimar calorias, mas é preciso ingerir a versão amarga, com muito cacau.
  5. Auxilia na prática de exercícios, pois contém uma substância chamada epicatequina, que oferece mais desempenho nos esportes e diminui também a fadiga.
  6. Durante a gravidez pode ser um aliado para combater a pré-eclâmpsia. A Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou em uma pesquisa que mulheres que comem o chocolate 5 vezes na semana em pequenas quantidades têm menos riscos de desencadear a doença do que as que não comem.
  7. Ele retarda o envelhecimento do corpo, por conter mais antioxidantes que o vinho tinto, é uma ótima opção para você.
  8. O consumo do chocolate amargo pode auxiliar na diminuição do colesterol total e do colesterol ruim, o LDL.
  9. Melhora o raciocínio, pois a cafeína presente no chocolate ajuda a estimular a atenção, memória e desempenho mental.
  10. Turbina os músculos, de acordo com cientistas norte-americanos garantem que comer uma barrinha pequena de chocolate diariamente aumenta o fluxo sanguíneo no organismo em pouco menos de duas semanas. O aumento do fluxo sanguíneo melhora também a oxigenação dos músculos, preparando-os para a ação. Você se sentirá mais disposta e com mais resistência até para fazer uma simples caminhada.

Gostou de saber os dos benefícios do chocolate? Agora você pode comer um pedacinho do meio amargo sem culpa! Mas só um pedacinho, depois vista aquele look fashion fitness e partiu academia, ok?! 😉

Pin It