Alongamento Consciente – pratique essa ideia

Alongamento Consciente elimina tensões e traz de volta a funcionalidade ao corpo

O Alongamento Consciente tem uma proposta bem interessante e hoje você vai conhecer aqui no blog. Alongar-se é essencial para manter um corpo funcional e minimizar os problemas causados por sedentarismo, traumas, lesões, esforço repetitivo laboral ou envelhecimento. Há quem fuja do alongamento porque acha que as movimentações são repetitivas e pouco eficientes, mas e se os exercícios fossem combinados em uma aula motivante, segura e efetiva que visasse melhorar a flexibilidade e a capacidade de relaxar, além de eliminar tensões e reorganizar a postura?

Alongamento Consciente - pilates

“O Alongamento Consciente é um moderno trabalho corporal que abrange aspectos físicos, emocionais e espirituais do indivíduo. Baseado na milenar cultura oriental, de onde vêm suas mais sutis e efetivas práticas, ele melhora as funções músculo-articulares, harmoniza os fluxos energéticos do corpo e reestrutura tanto o equilíbrio físico quanto o mental”, explica Inelia Garcia, que criou a metodologia quando cursava sua faculdade de Educação Física e usou seus conhecimentos em dança, yoga, técnicas terapêuticas e artes marciais para se recuperar de uma lesão.

Indicações do Alongamento Consciente

De acordo com a especialista, os exercícios de Alongamento Consciente são também indicados para amenizar e eliminar as tensões e dores acumuladas, restabelecer a normalidade do tônus muscular, melhorar a circulação e a mobilidade, bem como estabilizar as articulações, resgatar a harmonia e trazer de volta a funcionalidade ao corpo. “A metodologia qualifica e melhora os programas de exercícios voltados para a saúde, bem estar, fitness e performance. Como ela utiliza poucos acessórios, pode ser praticada em academias, clubes, spas, empresas ou até mesmo em casa”, conta Inelia

Alongamento Consciente Pilates

Como é a aula de Alongamento Consciente?

A aula de alongamento pode utilizar bolinha de tênis, acqua tubo adaptado, tira de alongamento ou faixa elástica com medidas e intensidades variáveis que possibilitam trabalhar diferentes graus de flexibilidade de acordo com o nível de cada aluno, seu controle, coordenação, equilíbrio e consciência corporal. Isso faz com que a prática seja eficiente e segura tanto com exercícios mais fáceis e leves quanto para aqueles com maior carga e complexidade.

O Alongamento Consciente trabalha com diversos públicos e objetivos, portanto é indicado tanto nas aulas de ginástica para a terceira idade, na ginástica rítmica e dança para crianças e adolescentes quanto para treinamento de atletas, ginastas e bailarinos profissionais. “Para os idosos, por exemplo, o alongamento diário ameniza a rigidez matinal e valoriza a melhora da funcionalidade e autonomia. Para as crianças, ele trabalha adequadamente a flexibilidade a fim de auxiliar no desenvolvimento psicomotor e no processo de crescimento. Já para os adultos sedentários, o alongamento consciente ajuda a controlar as tensões do dia a dia, melhorar a circulação e os parâmetros da saúde”, conclui Inelia Garcia, diretora técnica da rede The Pilates Studio Brasil (www.pilates.com.br), que conta com 47 unidades no Brasil, entre studios próprios e franqueados, 4 em Portugal e 2 no Chile.

Pin It


Dicas para corrida

Dicas para quem quer iniciar a corrida em 2018

A corrida traz inúmeros benefícios para o corpo e a saúde. Ela alivia o estresse, fortalece a musculatura, melhora o condicionamento físico e consequentemente, emagrece. O que acha de iniciar a prática este ano e chegar ao final de 2018 com um bom desempenho? A professora da academia Smart Fit, Misiane de Ávila, dá algumas dicas. “Como todo início de uma atividade física, o treino deve acontecer de forma graduada e sadia. Seu corpo precisa se adaptar a essa nova rotina e aos poucos ir criando condicionamento para que a corrida se torne mais intensa e rotineira”, explica ela.

Iniciando a corrida

A profissional de educação física sugere que você inicie alternando caminhadas com picos de corrida. “Faça um treino de 30 minutos, intercalando 3 minutos de caminhada e 1 minuto de velocidade moderada ou até mesmo um trote. Essa prática evita lesões e condiciona o corpo para a corrida mais rápida futuramente”. O aumento da intensidade deve ocorrer quando o praticante se sentir confortável e o corpo não esteja exigindo muito esforço. A partir daí é possível ir se desafiando a cada semana, diminuindo o tempo de caminhada e aumentando o de corrida, até o momento em que o corpo estará apto a correr direto em longas distâncias.

“Para os iniciantes é recomendado focar mais nos minutos do que na quilometragem, pois ao prestar atenção na distância o corredor tende a forçar o corpo para completar a meta e dessa forma atrapalha o treinamento. Ou seja, tenha um objetivo de tempo, até pela variação de intensidade que você terá no início”, recomenda a professora da Smart Fit.

Comece treinando 3 vezes por semana. Segundo Misiane, o corpo precisa descansar para que o músculo se recupere. Ela alerta para atenção a dores que não são comuns. “A dor muscular é normal, principalmente nos membros inferiores como coxas e panturrilhas, mas se for algo que não passe ou piore é importante não exagerar no treino e ficar atento a alguma possível lesão. Os joelhos e tornozelos são as articulações mais trabalhadas na corrida, devido ao impacto que ela gera”, explica Misiane. A especialista indica aliar o treino com exercícios de fortalecimento dos membros inferiores, como a musculação.

Dicas da professora

Roupas para corrida

Algumas outras dicas da professora são:

  • Use roupas confortáveis e um tênis adequado para corrida e para o seu tipo de pisada.
  • Hidrate-se ao longo do treino, pois o gasto calórico é alto e o corpo perde muita água.
  • Cuide sempre a postura durante a corrida. Mantenha o tronco ereto, braços flexionados em 90°, mãos relaxadas e olhe sempre para frente.
  • Procure escolher horários com temperatura mais amenas para a prática do exercício. Pela manhã, final da tarde ou à noite, assim o calor não irá atrapalhar.
  • Alimente-se corretamente. O corpo precisa de energia para qualquer exercício físico.

Lembre-se, na corrida é necessário ter paciência. Se você está iniciando, não queira já começar a correr como um atleta. Siga os primeiros passos, dê tempo para o seu corpo se adaptar e logo irá perceber a evolução e já estará correndo de fato. “Correr deve ser algo prazeroso! O importante é se divertir com saúde”, finaliza Misiane.


Precisando de roupas para corrida? Aqui na Specialità tem short fitness, camisetas fitness super confortáveis e com tecidos e cortes apropriados para a prática esportiva, confira!

 

Pin It


5 dicas da angiologista

Angiologista dá dicas para aproveitar o Carnaval

Com o mês de fevereiro se aproximando, os preparativos para o carnaval se iniciam, tanto para quem ama a festividade e vai curtir a folia quanto para os que querem distância da festa e vão viajar durante o feriado. Para que você possa aproveitar o carnaval sem preocupações, a cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita, angiologista e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, dá dicas de cuidados essenciais para manter suas pernas saudáveis e ilesas durante o feriado. Confira:

5 dicas da angiologista

1- Preparo físico

Nem todos estão com preparo físico adequado para a maratona de blocos e desfiles durante o carnaval, o que pode causar problemas como câimbras e dores musculares, principalmente nas pernas e nos pés. “Se esse é o seu caso, o recomendado é que escolha sapatos adequados para encarar o dia e não se esqueça de realizar um bom alongamento antes da festa”, destaca a especialista

2- Hidratação

Cuidado com a desidratação. O calor e as bebidas alcoólicas em excesso podem aumentar a incidência de câimbras, dores musculares e a retenção de líquidos.

3- Tente não permanecer muito tempo parado

Principalmente se você for viajar, seja de carro, avião ou ônibus, lembre-se de se movimentar. Ficar muito tempo parado pode causar desconfortos como o inchaço na região das pernas, que, em casos extremos, pode ocasionar coágulos sanguíneos, trombose ou até mesmo embolia pulmonar.  “É importante que você faça pausas a cada duas horas para caminhar e se movimentar, estimulando principalmente os membros inferiores que são os afetados pelo inchaço. Além disso, beber bastante líquido é fundamental”, afirma a angiologista.

4- Descanse

Durma bem após as festas para que seu corpo possa recuperar energia e suas pernas tenham o descanso adequado. Segundo a médica, como durante o carnaval dormimos tarde e permanecemos muitas horas em pé, existe uma tendência a retenção de líquidos e inchaço, principalmente para pessoas com problemas de circulação, obesos, gestantes e portadores de pressão alta. “É importante lembrar que, se o inchaço permanecer por um longo período, a incidência de erisipelas, flebite e até trombose aumenta”, explica a Dra. Aline

5- O que fazer se as pernas e pés ficarem inchados?

Neste caso, a médica recomenda que se durma com as pernas elevadas, colocando um travesseiro sob elas, e realize compressas frias no final do dia. Além disso, é preciso tomar cuidado com refrigerantes e comidas industrializadas, pois o excesso de sódio pode aumentar a pressão arterial e piorar o inchaço. “É importante também que nunca se escalde os pés ou realize qualquer tipo de compressa quente, pois estas podem causar dilatação dos vasos sanguíneos e agravar o quadro”, alerta a Dra. Aline Lamaita. “Para quem já possui predisposição para retenção hídrica, consulte um vascular, pois existem medicações, meias e até cremes que podem deixar suas pernas bem mais leves e saudáveis para o carnaval.”


 

Pin It


Pilates na gravidez

Pilates como aliado na preparação do corpo para o parto

Pilates na gravidez | Poucos momentos da vida de uma mulher promovem tantas mudanças físicas e mentais como a gravidez. Durante esse momento, o corpo da gestante passa pelas mais diversas transformações, tornando necessária uma nova e gradativa adaptação às suas novas condições físicas. Com exercícios que visam aumentar controle, força e prevenir lesões, os especialistas têm indicado sem medo nenhum a prática do Pilates.

No Pilates, os exercícios são leves, cadenciados e específicos para cada caso. “Entre os inúmeros benefícios da atividade com as gestantes, podemos destacar o relaxamento do sistema circulatório e o fortalecimento da musculatura pélvica, proporcionando maior sustentabilidade para a bexiga e o útero”, comenta Douglas Paiva, fundador da Pure Pilates, rede com mais de 30 unidades no país.

Pilates na gravidez - Ivete Sangalo

Ivete Sangalo incluiu a fisioterapia em sua rotina

Benefícios do Pilates na gravidez

Com a prática de Pilates, a mulher tem o alívio das dores na coluna e realiza o preparo necessário para o período pós-parto, onde o corpo volta a sua forma anterior e o trabalho executado com a musculatura durante a gravidez fará toda a diferença. Além disso, outro ponto importante é que uma gestante ativa ganha menos peso, dorme melhor e fica menos ansiosa.

Confira os diferentes benefícios para a gestante:

  • Melhor recuperação no período pós-parto, com menores dores e rápido retorno da musculatura e da pele à posição inicial;

  • Maior facilidade de alongamento dos músculos das costas e pernas, o que pode facilitar o momento do parto e reduzir possíveis dores durante o período gestacional;

  • Melhor condicionamento físico;

  • Mais facilidade para respirar e, consequentemente, melhora da circulação sanguínea e oxigenação do feto.

Mesmo que o Pilates seja uma atividade indicada para gestantes, é importante que sua prática só seja realizada após uma liberação médica, feita por seu ginecologista ou obstetra. O professor de Pilates só deve iniciar o exercício quando a aluna apresentar esse atestado de prática por escrito, liberando a realização dos movimentos.

Exercícios mais indicados para gestantes

O pilates para gestantes deve focar, quase que exclusivamente, nos exercícios de alongamento, para facilitar a adaptação da mulher às alterações provocadas no seu corpo durante a gravidez.

Esses exercícios também ajudam a mulher a reencontrar seu centro de gravidade – perdido com o crescimento do bebê e aumento da região abdominal – e também a fortalecer as musculaturas dos braços, pernas, assoalho pélvico e outros importantes para a sustentação do corpo da mãe e do peso do bebê.

Exercícios contraindicados para gestantes

Todos os exercícios relacionados com posições arriscadas – que podem resultar em quedas – esforços intensos na região abdominal ou muito impacto, são considerados contraindicados para as gestantes que optam em realizar o pilates. O exercício das mulheres que estão grávidas deve ser leve, prazeroso e eficiente, porém sem jamais colocar em risco a integridade física da mãe ou a vida do bebê.


Gostou da ideia e precisa de roupas para pilates? Conheça as opções da Specialità Fitness, nossa loja de roupas de academia online cheia de marcas de moda fitness que vão te conquistar: Vestem, Live, Superhot, Mulher Elástica – uma delas terá o seu estilo!

Pin It


Corrida ou Caminhada?

Corrida ou caminhada? Ambas melhoram retorno venoso e trazem benefícios à circulação

Angiologista explica qual o exercício mais adequado para o seu objetivo e como praticá-lo adequadamente

É inegável que praticar atividade física faz bem para a saúde. Porém, é comum que apareçam dúvidas na hora de escolher qual exercício fazer. Muitas pessoas acreditam que a corrida e a caminhada servem para a mesma coisa, mas, apesar de possuírem benefícios parecidos, os objetivos atingidos através de cada um dos exercícios são distintos. “Tanto a caminhada quanto a corrida são boas para a saúde e alguns benefícios são comuns em ambas as modalidades, como por exemplo, o controle da hipertensão, da diabetes e do colesterol e a liberação de endorfinas, hormônios que relaxam o corpo, geram sensação de bem-estar e auxiliam a boa qualidade do sono. Porém, na hora da escolha, tudo depende do objetivo final: perda de peso, condicionamento físico ou ambos”, afirma a cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita, angiologista e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. “Mas ambos são excelentes para o sistema circulatório, pois a prática de exercícios físicos aumenta o fluxo da circulação do sangue e melhora o retorno venoso com a finalidade de levar oxigênio às células dos músculos e tecidos próximos. Assim como o sangue chega nos membros inferiores, ele precisa retornar ao coração para ser bombeado novamente”, completa a médica.

Corrida ou caminhada qual é melhor

Corrida – vantagens

Se o objetivo é perder peso ou competir, a corrida é a melhor escolha. Na corrida, a capacidade de perda energética e, consequentemente, de perda de peso é maior. Além de contribuir para a queima de gordura, o exercício ajuda a desenvolver os músculos e fortalecer o sistema imunológico. Porém, a corrida é indicada para pessoas que têm maior aptidão e um condicionamento físico melhor. “Quando corremos o impacto nas articulações e o nível de exigência muscular é maior, o que aumenta os riscos de possíveis lesões. Mas, se aliada à musculação, os riscos de sofrer com estas lesões podem ser diminuídos”, explica a médica. Para diminuir as dores pós-corrida, uma boa estratégia é apostar nas meias elásticas esportivas de compressão. “Elas têm compressão graduada que pode variar de 15-23 mmHg até 20-30 mmHg dependendo do fabricante e são capazes de: melhorar o retorno venoso, manter a musculatura aquecida, reduzir a fadiga muscular, acelerar a recuperação, diminuir a incidência de câimbras e dores na panturrilha, além oferecer efeito benéfico durante o exercício – o que pode melhorar a performance”, explica a Dra. Aline Lamaita. Há um efeito imediato e uma ação pós-atividade física. “O uso da meia diminui os produtos de degradação, os ácidos lático e pirúvico, que estão ligados àquela dor muscular do dia seguinte (ou 48 horas depois) de uma corrida, por exemplo. No caso da meia, acelerando a circulação, ela diminui a concentração desses ácidos”, explica. Apesar dos multibenefícios, a médica alerta que é importante sempre ficar atento às especificações da meia, tirar medidas adequadas para que a meia tenha um ajuste perfeito nas pernas e consultar um cirurgião vascular.

Caminhada – Vantagens

Já se o objetivo é sair do sedentarismo ou preparar o corpo para atividades física mais pesada, a caminhada é o ideal. Segundo a Dra. Aline, a caminhada protege mais o coração, por exigir menos esforço dele. O risco de lesões ao caminhar também é menor quando comparado a corrida. Além disso, a atividade auxilia no combate a osteoporose, protege contra infartos e pode ser realizada por um grupo maior de pessoas, como iniciantes, idosos e obesos.

Porém, o mais importante é sempre respeitar seus limites. Para quem quer começar a correr, algumas dicas como: intercalar entre corrida e caminhada, focar na respiração e fazer exercícios para fortalecer a musculatura podem ser muito proveitosas. “Tanto a caminhada quanto a corrida tem seu propósito e o ideal é que, antes de iniciar qualquer exercício, seja realizada uma avaliação médica. Com isso, poderá ser indicada para o praticante a modalidade que traga mais benefícios para ele. Se bem indicadas e feitas com a assistência profissional adequada, ambas as atividades podem melhorar muito o nosso sistema circulatório”, finaliza a cirurgiã vascular.


 

Procurando roupa para corrida? Na Specialità Fitness você encontra as melhores marcas de roupas fitness para correr mais linda ainda! Confira nossa loja virtual de moda fitness.

Pin It


Treino POWER para o verão

Prepare-se para o verão com um treino power

A estação mais quente do ano está chegando e agora é o momento de dar aquela última secada até o verão para curtir os finais de semana de sol e as tão esperadas férias na praia. Com um treino de alta intensidade e realizado todos os dias até o final do ano, você vai conseguir eliminar as gordurinhas que faltam e estar pronto para aproveitar os dias ensolarados.

O professor da academia Smart Fit, Vinícius Dias, indica o treino baseado na metodologia HIIT (High Intensity Interval Training) como principal para quem quer queimar gordura rápido. “Falta pouco para o verão, mas com certeza ainda dá tempo de ter ganhos reais e visíveis no seu corpo. Agora é a hora de optar por exercícios de alta intensidade e menor duração. O HIIT já faz parte da rotina de exercícios de quem busca resultados rápidos e será um ótimo aliado nessa época do ano”, comenta Vinícius.

Os treinos baseados na metodologia HIIT duram até 45 minutos. “São treinos intensos que elevam a frequência cardíaca do praticante, fazendo com que o metabolismo acelere e a perda de gordura seja mais rápida, e a pessoa continue queimando mesmo após o treino“, explica Vinícius. A Smart Fit conta com a aula de Smart Shape, um circuito de exercícios intercalados que dura 30 minutos e trabalha de forma completa o corpo, utilizando o HIIT.

Vinícius também indica o treino na esteira. “O aluno pode fazer treinos intervalados na esteira, alternando estímulos de alta intensidade com descanso entre as séries, procurando seguir o conceito de 2X1, onde o descanso sempre dura metade do tempo do estímulo. Por exemplo, se o tiro for de 60 segundos, o intervalo precisa ter 30 segundos. A velocidade vai depender do condicionamento físico de cada praticante”, explica. Abaixo segue sugestão de treino do professor Vinícius Dias, da Smart Fit, com duração de 30 minutos:

Treino Power – Aquecimento

1′ – polichineloTreino POwer - polichinelo
30” – agachamento
1′ – polisapato

Treino Power – parte principal

1º SEQUÊNCIA – 45 segundos de exercícios para 15 segundos de intervalo
1º exercício: avanço alternado

 
2º: flexão de braços
3º polichinelo

1 minuto de pausa

2º SEQUÊNCIA- 45 segundos de exercícios para 15 segundos de intervalo
1º exercício: agachamento com salto

2º: abdominal com pernas elevadas e flexionadas
3º: corrida no lugar com elevação de joelhos

 

1 minuto de pausa

Repetir a 1º e a 2º sequência

Alongamento no final

 

Pin It