7 alimentos para combater a ansiedade

Sua ansiedade pode ser combatida com uma boa dieta e exercícios físicos!

Vamos deixar aqui 7 alimentos que você pode incluir na sua alimentação para ajudar a combater a ansiedade. Muitas pessoas engordam porque comem por ansiedade e não porque estão com fome, por isso se comerem os alimentos certos, em horários regulares e acrescentarem uma rotina de exercícios físicos podem minimizar a ansiedade, que normalmente vem junto com o stress, seguido por depressão e muitas outras doenças. O “mal do século” pegou você? Então veja como se livrar dele com a ajuda da alimentação saudável!

7 alimentos que combatem a ansiedade

1-Oleaginosas

Amêndoas, Castanha de Caju, Castanha do Pará, Nozes e demais oleaginosas, entre vários outros benefícios como ajudar a combater os sinais de envelhecimento e reduzirem o colesterol ruim do sangue, são ricas em magnésio, triptofano e vitaminas do complexo B. Todos esses componentes são importantes para ajudar a produzir a serotonina, uma substância responsável, entre outras coisas, pelos transtornos do humor e regulação do sono.

Atenção à quantidade! As oleaginosas possuem alto valor calórico, então não exagere na porção diária.

2- Alimentos com Vitamina C

A Vitamina C atua como regulador do Cortisol, hormônio do stress. Níveis de cortisol alto à noite, por exemplo, pode perturbar seu sono! Por isso inclua Limão, laranja, acerola e mexerica 2x ao dia (prefira fruta fresca aos sucos).

3-Chocolate

Não é a toa que o chocolate vicia e conquista as mulheres principalmente no período da TPM. Isso acontece porque o chocolate contém feniletilamina e triptofano, precursor da serotonina. E além disso, ainda libera endorfina, que provoca relaxamento e bem estar. Como não amar um alimento desses? Prefira as versões com alto teor de cacau (em torno de 70%) e não exagere na quantidade: 25 a 30g por dia já são suficientes.

4- Aveia

2 colheres de sopa por dia são suficientes para ajudar o intestino a funcionar bem, algo que é essencial para o combate à ansiedade, já que o intestino também produz a serotonina (cerca de 60% da serotonina presente em nosso organismo). Veja receitas com Aveia publicadas aqui no blog!

5- Folhas verdes escuras

O ácido fólico e magnésio presentes no agrião, couve, rúcula e espinafre promovem a produção de serotonina e dopamina. A grande vantagem desses alimentos é que se pode comer à vontade, e elas ainda combatem anemia, osteoporose, estresse, doenças do coração e atuam até na prevenção do câncer.

6-Peixes e frutos do mar

Já é sabido que o ômega-3 presente em peixes e frutos do mar aumentam os níveis de serotonina e ainda protegem o coração. Inclua esses alimentos 3 vezes por semana em sua alimentação!

7- Alface

Outro alimento que pode ser consumido à vontade, tem fibras e lactucina, considerado um calmante natural pois causa relaxamento e ajuda a combater a insônia. Dê preferência aos talos!


 

Viram como não é difícil colocar esses alimentos em sua dieta? São saborosos, fáceis de serem encontrados e promovem inúmeros benefícios à sua saúde além dos mencionados aqui. Lembre-se de que os exercícios físicos também produzem serotonina, então ajudam a combater a ansiedade – além de estarem relacionados a melhora da memória e do raciocínio. Pratique sua atividade física favorita pelo menos 30 minutos diariamente, ou pelo menos comece com 3x durante a semana e vá aumentando a medida que se sentir melhor. Consulte sempre um médico antes de começar as atividades para saber se a saúde vai bem, e só comece dietas restritivas com a ajuda de um nutricionista.

 

 

Pin It


Exercícios na gravidez

Gravidez não é doença – com o aval do seu médico, continue sua rotina de exercícios!

A gravidez não é motivo para deixar a atividade física de lado e se tornar uma pessoa sedentária. O exercício físico é na verdade, um aliado excelente nessa situação. Os benefícios são inúmeros tanto para a mãe quanto para o bebê.

O treino promove força e resistência, que ajudará o corpo a carregar o peso extra da gravidez e diminuir as dores e incômodos que a gestação provoca, preparará também para o esforço do parto e ainda colaborará para que o corpo volte à forma após o parto, além de diminuir o estresse causado na gravidez.

Se a mulher já tiver um condicionamento físico ótimo, a possibilidade de manter um bom nível nas atividades aumenta, afinal ela não vai mudar de exercício nem pegar pesado tão cedo. E para quem pratica musculação ou exercícios de alto impacto deve consultar um profissional antes de continuar a praticá-los. Se você mantiver um pré-natal com acompanhamento adequado, fique tranquila e aproveite os benefícios da atividade física na gravidez!

exercícios Fisicos na gravidez - Bella Falconi legging jeans

BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ

  • Diminui o desconforto físico
  • Mantém o humor estável
  • Fortalece a postura
  • Equilibrar o movimento intestinal
  • Ativar e fortalecer as articulações
  • Melhora o aspecto da pele

Atividades fisicas na gravidez

  • Natação e hidroginástica – evita as dores gravitacionais e diminui as dores lombares
  • Ioga – melhora a flexibilidade
  • Caminhada – melhora o condicionamento cardiovascular e diminui o estresse
  • Pilates – previne a perda do tônus muscular, melhora a postura e a respiração
  • Ginástica – Ajuda a melhorar a resistência muscular e cardiovascular, mas não pode ser feita com cargas elevadas

Saiba que os cuidados com as grávidas na hora de praticar exercícios físicos dobram, afinal beber muita água e se manter hidratada é fundamental, não ficar em lugares com alta temperatura, usar protetor solar (o sol aumenta as manchas na pele de gestantes) e usar roupas de academia leves e soltos também são dicas a serem seguidas.

É muito importante que você consulte seu obstetra para que ele diga qual a melhor opção de exercício físico para a sua condição e seu corpo, afinal, na época da gestação o organismo precisa de mais oxigênio, e pode estar passando por alguns problemas de saúde como a pressão alta, que pode afetar na gravidez fazendo com que o profissional restrinja a prática de exercícios. CONSULTE SEMPRE SEU MÉDICO!

Sinal de alerta!

Sintomas e sinais de excesso de exercicio fisico na gravidez

Depois que o bebê chegar, a vontade de fazer exercício será menor, afinal o corpo vai estar cansado para isso, saiba que, quanto antes voltar a se exercitar mais rápido seu corpo irá acostumar, porém caso ainda esteja cansada, relaxe que com o tempo tudo voltará a rotina normal.


Relaxe e aproveite esse momento! Consulte sempre seu médico de confiança e evite fazer exercícios por conta própria – entre em contato com um profissional para melhores orientações!

Pin It