10 benefícios do chocolate

A Páscoa chegando e você na dieta? O chocolate meio amargo pode ser sua salvação! Conheça os benefícios do chocolate para o seu organismo!

O chocolate é a bola da vez, afinal a Páscoa está chegando, e mesmo que você esteja na dieta vale quebrar pelo menos um dia para dar aquela saboreada, uma vez que o consumo moderado pode trazer alguns benefícios para a sua saúde. Portanto você não estará quebrando totalmente sua dieta, apenas coma aquele que tenha mais cacau e consequentemente menos teor de açúcar e nada ou quase nada de leite, pois ele ajuda seu organismo.

Tipos de chocolate

Se puder escolher entre os tipos de chocolate, escolha o meio amargo ou amargo, que contém uma quantidade maior de cacau, acima de 50%. O chocolate amargo é também uma ótima fonte de magnésio, cobre, ferro e manganês. Potássio, zinco e selênio também estão presentes em menores quantidades no chocolate amargo. Atenção, caso usado para fabricar outros doces como ovo ou bolo, tenha cuidado, pois quando aquecido ele perde sua propriedade nutritiva.

Muitos nutricionistas entendem que a quantidade também tem que ser balanceada e não deve ultrapassar 30 gramas por dia, equivalente a uma barra pequena ou dois bombons. Fique atenta a isso.

Chocolate na dieta pode?

Confira abaixo os pontos positivos que ninguém te conta sobre o chocolate:

  1. Pesquisadores da Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, divulgaram em 2008 que o chocolate auxilia no combate ao câncer de intestino. Ele possui propriedades antioxidantes, que serviriam para proteger as células das degenerações do tumor.
  2. Diminui o estresse, apresentando níveis menores de hormônios circulando no seu sangue. E dá a sensação de bem estar, pois ajuda a liberar o hormônio serotonina.
  3. Protege contra derrames, por ser rico em antioxidante que reduz a inflamação das artérias prevenindo assim, contra a formação de trombos na corrente sanguínea, e consequentemente o AVC.
  4. Acelera o metabolismo, queimando gordura. Isso ocorre por dois motivos, de acordo com o Journal of Proteome Research, o chocolate amargo contém gorduras monoinsaturadas que têm a capacidade de estimular o organismo a utilizar mais energia proveniente dos estoques de gordura. Já um estudo divulgado pela Universidade Queen Margareth, da Grã-Bretanha, revelou que o chocolate amargo tem um grande impacto na maneira como o organismo sintetiza os ácidos graxos (gorduras), pois tem o poder de reduzir a digestão e absorção de gorduras e carboidratos. O doce é rico em cafeína, que acelera o metabolismo e ajuda a queimar calorias, mas é preciso ingerir a versão amarga, com muito cacau.
  5. Auxilia na prática de exercícios, pois contém uma substância chamada epicatequina, que oferece mais desempenho nos esportes e diminui também a fadiga.
  6. Durante a gravidez pode ser um aliado para combater a pré-eclâmpsia. A Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou em uma pesquisa que mulheres que comem o chocolate 5 vezes na semana em pequenas quantidades têm menos riscos de desencadear a doença do que as que não comem.
  7. Ele retarda o envelhecimento do corpo, por conter mais antioxidantes que o vinho tinto, é uma ótima opção para você.
  8. O consumo do chocolate amargo pode auxiliar na diminuição do colesterol total e do colesterol ruim, o LDL.
  9. Melhora o raciocínio, pois a cafeína presente no chocolate ajuda a estimular a atenção, memória e desempenho mental.
  10. Turbina os músculos, de acordo com cientistas norte-americanos garantem que comer uma barrinha pequena de chocolate diariamente aumenta o fluxo sanguíneo no organismo em pouco menos de duas semanas. O aumento do fluxo sanguíneo melhora também a oxigenação dos músculos, preparando-os para a ação. Você se sentirá mais disposta e com mais resistência até para fazer uma simples caminhada.

Gostou de saber os dos benefícios do chocolate? Agora você pode comer um pedacinho do meio amargo sem culpa! Mas só um pedacinho, depois vista aquele look fashion fitness e partiu academia, ok?! 😉

Pin It


10 dicas para mudar de atitude!

Mudar nem sempre é fácil – veja como sair da zona de conforto e tomar uma atitude para melhorar sua saúde!

Muitas pessoas ficam no mesmo lugar por falta de coragem e motivação para mudar. Não é a toa que a Zona de Conforto tem esse nome: ficar no lugar é mais fácil do que sair e se movimentar, sem dúvida! Mas se você despertou para isso, tem vontade de mudar seus hábitos, sua rotina e seu corpo, já é um bom começo! Quem quer começar a ter qualidade de vida precisa cuidar melhor da alimentação e do corpo, praticando atividade física, e é disso que nós vamos tratar neste post. Na verdade, emagrecer nem precisa ser seu objetivo principal, mas pode até ser uma consequência.

Pode considerar que o primeiro passo já foi dado, mas ele ainda não te leva a lugar nenhum (ainda).

Por isso, agora vamos enumerar 10 dicas práticas que você pode fazer a partir de hoje – sim, agora!!! – para começar a colocar seus planos em funcionamento. Vamos lá!

10 dicas para mudar de atitude - Blog Fitness

1 – Estabeleça metas a curto prazo

Coloque em um papel 3 objetivos para cumprir em um mês: beber mais água, caminhar por 30 minutos, trocar o elevador pela escada, acrescentar frutas ao cardápio. Coisas simples, mas que já são um bom começo. Quando achar que os 3 primeiros ítens já estão incorporados no seu dia a dia, vá acrescentando mais!

2- Converse com alguém

Divida sua vontade de mudar de vida com alguém, de preferência alguém que você sabe que irá te motivar, te dar força e colocar seu ânimo lá em cima! Quem sabe vocês se unam em um mesmo objetivo e uma amiga motiva a outra? Fazer atividades em dupla pode ser bem mais divertido e relaxante.

3- Identifique 3 coisas que precisam sair da sua vida

Você sabe que não faz bem, mas continua fazendo. Beber refrigerante, fumar, ter aquele pacote de balas na gaveta do escritório… no fundo todo mundo sabe quando algum hábito é um gol contra. Se for o caso, procure ajuda com um especialista – que pode ajudar no caso de largar o cigarro, por exemplo – mas não deixe de tirar da sua vida o que te faz mal!

Andar de bicicleta

4- Encare atividades físicas como atividades de lazer

Dançar, andar de patins, nadar, jogar bola são, além de ótimas atividades físicas, super relaxantes e divertidas. Em vez de encarar esse momento como uma obrigação, enxergue como uma oportunidade de se divertir com os amigos, dar boas risadas e sair da rotina.

5- Teste receitas novas

A salada do seu almoço pode ser muito mais que alface e tomate. Se você está lendo este post, deve ter alguma intimidade com a internet…então busque receitas saudáveis para deixar sua alimentação mais interessante.

6- Experimente 1 novo alimento por semana

Uma boa maneira de deixar sua alimentação mais interessante é escolher um tipo de alimento diferente no supermercado a cada semana. Nunca experimentou semente de chia? Compre para conhecer! Ela vai bem em sucos, iogurtes, receitas de biscoitos, bolos e pães. Existem muitas frutas, legumes, verduras, sementes, grãos e farinhas bem interessantes que hoje em dia são fáceis de achar no mercado, procure algum que você não conhece!

7- Leia depoimentos motivadores

Você não é única pessoa que passa por um momento como este, em que sabe que é preciso fazer alguma coisa para mudar mas não sabe por onde começar. Muitas pessoas já passaram por isso e venceram o desafio! Conheça histórias motivadoras: a internet está cheia delas em blogs e portais que falam sobre saúde e fitness. Procure por antes e depois, pessoas que emagreceram no GOOGLE.

8- Escolha restaurantes diferentes

Existem alguns lugares que foram feitos para o exagero, como um rodízio por exemplo. Quando for sair para jantar, que tal pesquisar algum restaurante diferente? Alguns restaurantes orgânicos tem feito sucesso com receitas funcionais. É uma boa oportunidade de conhecer novas maneiras de se alimentar com qualidade e sair da rotina.

9- Aproveite seu momento de motivação

Todo mundo tem altos e baixos em relação a motivação para mudar de vida. É bem provável que não seja a primeira vez que começar uma rotina de exercícios e uma reeducação alimentar já tenha passado pela sua cabeça antes, ou talvez você até já começou um dia mas não continuou. Aproveite o momento de motivação e comece! Quando os resultados começam a acontecer é mais fácil ter ânimo para continuar e não deixar a proposta no meio do caminho, então comece agora!

10- Registre tudo!

Fez um plano e cumpriu? Perdeu 1 kg? Experimentou uma receita nova? Ficou bonita em uma roupa? Registre, tire foto, anote em sua agenda, mas não deixe de lembrar de pequenas vitórias. Assim, em momentos de baixa, quando estiver achando que está difícil, você poderá ver como suas atitudes até agora fizeram algum efeito, por menores que sejam, e que está valendo a pena.


 

Para terminar, como nós somos um blog fitness de uma loja de roupas de academia, então pode parecer óbvio que uma das nossas dicas seja “comprar novas roupas fitness” como uma motivação para você, então deixamos essa dica extra! Afinal de contas, qual mulher não gosta de se sentir bonita e bem vestida?

 

 

Pin It


Rótulos de alimentos – leia com atenção!

Você costuma ler os rótulos dos alimentos? Saiba o que você deve observar antes de comprar ou consumir um produto industrializado.

Ler os rótulos dos alimentos não é uma prática comum dos brasileiros, mas graças a maior facilidade de acesso às informações que meios como a internet possibilitaram, hoje as pessoas começaram a ficar mais atentas ao que consomem. Mas é só um começo: ainda temos muito o que aprender para comer melhor!

Hoje vamos deixar algumas dicas a respeito do que você precisa saber quando observar o rótulo dos alimentos, assim você poderá escolher melhor o que leva para sua casa.

Como ler os rótulos dos alimentos

1- Quantidade ou porção

Verifique qual a quantidade de produto que está sendo avaliada. Nem sempre as informações são da embalagem toda, mas apenas de uma parte dela! Isso é muito importante, pois em uma embalagem de sorvete light de 180g, as informações podem se referir a apenas uma bola de 60g, e isso faz TODA a diferença!

2- Medida caseira – como saber a quantidade?

Se você não tem uma balança caseira, procure ao menos ter um medidor padrão de colher de chá, colher de sopa, xícara ou copo. São medidores de plástico, vidro ou metal, encontrados em supermercados ou magazines. É obrigatório que a embalagem coloque alguma medida caseira como unidade, porção, fatia, colher, etc – mas saber qual é o padrão pode ser um problema! Ter um ítem como esse em casa ajuda bastante, mas se você quer ter segurança total invista em uma balança caseira.

3- Lista de ingredientes

A lista de ingredientes coloca tudo que tem na composição, ou na receita do produto. IMPORTANTE: os ingredientes vem em ordem decrescente, ou seja, os que tem maior quantidade vem em primeiro, até chegar no último ingrediente que é o que tem em menor quantidade.

4- Quer saber se o pão é integral?

Se o primeiro ingrediente da lista for farinha integral, então o pão é realmente integral. Se o primeiro ingrediente da lista for farinha enriquecida com ferro e ácido fólico, e a farinha integral vier depois… infelizmente de integral este pão só tem o nome! Isso também vale para biscoitos.

Para que o produto seja considerado integral é preciso que a maior parte da composição seja integral.

5- Atenção a quantidade de sódio!

Muitos alimentos considerados liberados em algumas “dietas”, como o refrigerante zero por exemplo, tem pouca quantidade de calorias mas muita quantidade de sódio. Aliás, em vários alimentos diet e light a quantidade de sódio, aditivos químicos e gordura  hidrogenada são aumentadas para compensar a redução do açúcar e da gordura. Muitas vezes é mais saudável consumir a versão integral do que a light ou diet (caso não seja diabético), converse com seu nutricionista sobre as opções!

O valor máximo recomendado de sódio por dia é de 2400mg. O ideal é que um produto não ultrapasse 400mg a cada 100g.

6- Alimentos ricos em fibras

Se a quantidade de fibras é de pelo menos 2,5g por porção o alimento já é uma boa fonte de fibras. Para ser considerado realmente rico em fibras, ele deve ter pelo menos 5g por porção. Alimentos ricos em fibras são essenciais para o bom funcionamento do organismo pois controlam as taxas de glicemia e colesterol, regula o intestino e aumenta o efeito de saciedade. O ideal é consumir 25g de fibras diariamente.

7- Valor energético

As famosas calorias (Kcal) costumam ser o primeiro alvo de atenção de quem está em processo de emagrecimento. Ao avaliar um alimento, não leve em consideração somente a quantidade de calorias, pois como vimos nos itens anteriores outros componentes devem ser avaliados para saber se o produto é a melhor opção a ser consumida. Os refrigerantes zero e a gelatina diet são um bom exemplo de alimentos com baixa caloria mas que são cheios de outros ingredientes que não fazem bem à sua saúde.

 

Viram como é importante ler e avaliar os rótulos? Fiquem atentos! Faz parte da reeducação alimentar aprender a fazer boas escolhas e para isso é muito importante que você tenha conhecimento do que realmente está consumindo.

 

Pin It


Eliana exibe boa forma aos 42 anos

A apresentadora Eliana exibe boa forma em suas redes sociais, e todas querem saber seus truques! Quer descobrir o que ela anda fazendo?

A apresentadora Eliana está cada vez com o corpo mais sarado, definido e com curvas, e ela o mantém com intensos treinos na academia, muito esforço e dedicação.

Mesmo depois de ter dado à luz seu filho Arthur há quatro anos, seu corpo continua impecável e de fazer inveja a muitas mulheres. No seu instagram é possível conferir fotos e vídeos que a loira publica sobre os seus treinos, impressionando todos os seus seguidores.

Para não deixar os treinos de lado por conta da agenda apertada, ela pratica suas atividades físicas 3 vezes na semana, além de combiná-las com uma alimentação balancea

da. Ela explicou um pouco de como é sua rotina fitness no seu blog, “Mesclo exercícios aeróbicos (como caminhadas, step e esteira) e musculação, utilizando aparelhos, pesos livres e treinamento funcional (TRX, Bolas, Bosu, elásticos). Cada treino tem a duração em torno de 1 hora, sempre no período da manhã. Na alimentação, a principal mudança foi na gestação. Tive a orientação da nutricionista Roseli Ninomiya. Passei a comer de forma muito mais saudável, incluindo mais grãos e castanhas, a beber mais água e, principalmente, não deixar mais de três horas entre uma refeição e outra. E isso tornou-se hábito pra mim. Essa consciência de como me alimentar e de como meu corpo funciona me ajuda muito a manter bons hábitos alimentares naturalmente. E, se exagero num dia, compenso no outro. Sou humana e tenho meus deslizes”, admite a apresentadora.

Em sua última foto malhando, ela aparece de short-saia e top, deixando o abdômen de fora, mostrando todo seu corpo saudável. Alguns seguidores ficaram impressionados com o corpo da apresentadora e dispararam ‘Que mulher espetacular!’, ou até mesmo ‘Deusa dos nossos domingos’.

Acabou a moleza!!!! Bora @alexrebelo75!!! #helth #fitness #bodyfitness #4.2 #wellness #eliana

Uma foto publicada por Eliana Michaelichen Oficial (@blogdaeliana) em

Ainda orgulhosa do corpo que vem conquistando e a barriga chapada, Eliana fez questão de postar uma montagem de bíquini com a tag ‘taruimnao’, mostrando aos seus seguidores de que mesmo aos 42 anos dá para ter um corpo saudável.

Estava na praia, alguem fez uma foto e postou. E a montagem ficou otima. Adorei!!! Rs #40anos #taruimnao #2016 #vamoquevamo

Uma foto publicada por Eliana Michaelichen Oficial (@blogdaeliana) em

Quer emagrecer e ter um corpo igual da apresentadora e não sabe como começar? Inspire-se na Eliana, siga uma dieta alimentar orientada por um profissional e não desista de levar uma vida saudável! Exige esforço, mas os resultados compensam e a sua saúde agradece. A equipe Specialità Fitness está com você! Qualidade de vida é sempre o melhor caminho!

Pin It


Protetor solar para exercícios ao ar livre

Vai praticar exercícios físicos e não sabe se está usando o protetor solar corretamente para se proteger? Nós contamos tudo que precisa saber para cuidar da sua pele!

Praticar atividades físicas é essencial para a saúde, mas nessas horas devemos ter um cuidado extra com a nossa pele e usar bastante protetor solar. Toda atividade física ativa a circulação sanguínea fazendo com que os nutrientes cheguem até a pele, aumentando a produção de endorfinas, que dão bom humor, melhora a autoestima e causa uma agradável sensação de relaxamento. Aproveite esses benefícios com cuidado evitando o sol para que ele não cause mal algum à sua saúde e à sua pele, separamos então esse post para você saber o que  precisa para manter os cuidados em dia.

Na hora do exercício físico é extremamente necessário a aplicação do protetor solar para que você não fique com manchas causadas pelo sol ou até mesmo pela luz artificial. A radiação causa muitos danos, desde o envelhecimento precoce, aparecimento de rugas, melasmas, flacidez ou até mesmo um câncer de pele.

Existem alguns tipos de protetores como creme, gel, spray, sérum, com cor, em mousse e até proteção solar via oral, além, é claro das variações para o uso adequado para cada tipo de pele. Procure a orientação do seu médico para saber qual é o mais indicado para o seu caso. Já para quem tem problemas e doenças de pele, também vale o conselho de procurar um dermatologista para auxiliar na escolha. Lembrando que se quiser usar a maquiagem com protetor solar, certifique-se que ela contenha proteção de amplo espectro (contra raios UVA e UVB),  sabendo sempre que essas informações devem estar na embalagem do produto.

10 dicas de como usar protetor solar

  1. Escolha o protetor correto para o seu tipo de pele

  2. O protetor deve ser aplicado 15 minutos antes da exposição

  3. O recomendado é reaplicar o protetor solar a cada duas horas. Reaplique antes desse período, se entrar na água ou suar

  4. Deve ser aplicado mesmo em dias nublados

  5. Deve ser aplicada uma colher de chá de protetor solar no rosto e no pescoço, uma colher de sopa de protetor para a parte da frente do tronco e outra para a parte de trás, uma colher de sopa para cada braço, uma colher de sopa para a parte da frente de cada perna e outra para a parte de trás de cada perna.

  6. O protetor tem que oferecer proteção contra UVA e UVB

  7. Pratique exercícios fora do horário de 10hrs às 16hrs, em que o sol está mais forte

  8. Use boné ou viseira para proteger o rosto e óculos para proteger a visão

  9. Se seus olhos ardem devido ao filtro, opte por um do tipo físico, pois são mais potentes e não escorrem

  10. Procure também filtros próprios para atividades esportivas, que costumam ser mais resistentes ao suor.

Saiba que esses cuidados não devem acontecer apenas com a pele, mas com o cabelo, pelo fato do sol causar danos nos fios e também nos lábios – para não descascarem e ferirem, vale a pena investir em um protetor labial com proteção solar.

Pesquisas recentes mostram que uma pequena parte da população usa protetor solar, e os que usam o faz de forma incorreta, não protegendo de maneira eficaz dos raios ultravioletas.  Vamos indicar alguns erros que você não deve cometer ao usar protetor solar.

  • Usar uma quantidade menor de protetor indicado
  • Não aplicar o protetor periodicamente
  • Esquecer de passar em partes que ficam expostas ao sol (Ex: braço, perna, costas)
  • Comprar um protetor com FPS (Fator de Proteção Solar) menor do que o necessário
  • Só no caso de exposição de pele intencional (praia, clubes) usar protetor
  • Se não alcança alguma parte do corpo, para não deixar de passar peça ajuda para alguém
  • Não use protetor solar vencido

Protetores solares

 

Separamos acima algumas sugestões de protetores. Escolha o melhor para a sua pele e consulte um dermatologista. A alimentação e o consumo de água também tem papel importante no desempenho dos esportistas e na proteção da pele. Saiba que o protetor é para todos os dias e que nosso corpo agradece pelo cuidado! Então, corra e compre o seu!

FIQUEM DE OLHO NO BLOG DA SPECIALITÀ: VAMOS MOSTRAR PARA VOCÊS AS OPÇÕES DE ROUPAS FITNESS COM PROTEÇÃO SOLAR!


E se te deu ânimo para malhar mas está faltando aquela roupa de academia super estilosa, dá uma passadinha na Specialità e veja nossas opções de legging, corsário, colete, top, short fitness, short-saia e vestido fitness!

Pin It


Leites vegetais: benefícios e como fazer

Os leites vegetais têm nutrientes e proteínas excelentes para seu corpo. Quer saber como fazê-los em casa e seus benefícios?

Há quem acredite que o leite de vaca, ao contrário dos leites vegetais, por ser muito gorduroso, tem seus pontos negativos. Além de causar alguns incômodos como má digestão, gases, mucose entre outros. Porém também carregam consigo mais cálcio e proteína.

Dos leites vegetais podemos dizer que são benéficos para a saúde, são originados de grãos e sementes e tem muitos nutrientes em sua composição. Como o nome mesmo sugere, são produzidos dos vegetais e podem ser utilizados não só para quem tem intolerância a lactose ou os veganos, mas também para quem realmente acha que deve mudar alguns hábitos alimentares e ganhar mais nutrientes – fibras, cálcio, ferro e minerais.

Os leites vegetais industrializados por sua vez, não tem um índice tão alto de nutrientes por conter conservante, corante e açúcar. Então a melhor opção, é você preparar o seu próprio leite e criar várias receitas com ele, do achocolatado ao molho branco. Nada é contra indicado.

Separamos alguns dos muitos tipos de leites que existe hoje e suas receitas caseiras. Confira:

QUAIS SÃO OS TIPOS DE LEITES E SEUS BENEFÍCIOS

Leite de aveia:

É rico em fibras, é um importante alimento para os diabéticos por conter fibras solúveis, controla o intestino e fornece bastante energia, além de outros benefícios.

Receita:

Deixe 2 xícaras de aveia em flocos de molho em 3 xícaras de água mineral por uns 10 minutos apenas para amolecer. Bata tudo no liquidificador. Coe e leve para a geladeira. Durabilidade 3 dias.

Aveia

Leite de inhame:

Ele é desintoxicante, fortalece o sistema imunológico, ajuda a diminuir os riscos de doença cardíaca, além de cálcio, ferro entre outras vitaminas.

Receita:

Cozinhe um inhame orgânico com casca. Depois de cozido, descasque e bata com uma ou duas xícaras de água de acordo com a textura que preferir. Coe e coloque em uma jarra ou garrafa de vidro. Pode ser adoçado ou saborizado com canela, cacau ou uma fruta de sua preferência.

Receita de leite de nhame

Leite de arroz:

Tem proteína e vitamina B1, equilibra o sistema nervoso, ideal para controle de pesos, tem muitos nutrientes e além de outros tantos benefícios.

Receita:

Cozinhe o arroz, normalmente, em água e com a fava de baunilha. Retire do fogo e bata com água mineral até o arroz se desfazer. A grossura do leite é você quem decide: pode ser mais ralo (acrescente mais água) ou mais grosso. Você pode coar se quiser. Outra opção é fazer o arroz sem a baunilha e, quando colocá-lo no liquidificados, acrescentar essência de baunilha e açúcar.

Receita de leite de arroz

 

Leite de coco:

Livre de aditivos químicos (quando feito em casa), rico em proteínas, ajuda a regular o funcionamento da tireoide, além de melhorar o sistema imunológico.

Receita:

Tire a água de 1 coco e depois quebre e retire a polpa (Tem a técnica de esquentar o coco na chama do fogão antes mesmo de quebrar, para ficar mais fácil de retirar a polpa). Rale o coco e leve ao fogo em uma panela com 5 copos d’água. Quando começar a ferver, desligue. Bata no liquidificador por uns cinco minutinhos e pronto! Agora é só coar e usar. Obs: A água retirada do coco pode ser usada no leite também!

 

Leite de coco

Leites feitos com oleaginosas (amendôas, nozes, amendoim, castanha-de-caju…)

Ajuda a combater o envelhecimento celular, as nozes favorecem o sistema respiratório, as amêndoas previne a osteoporose, os amendoins têm várias proteínas.

Receita:

Deixe de molho durante 8 horas (de um dia para o outro), ½ xícara de chá das sementes de sua preferência com 2 xícaras de chá de água. Para quem prefere o leite mais doce deixe de molho junto 2 tâmaras sem caroço. Na manhã seguinte coe em uma peneira as sementes e passe embaixo da água. Bata no liquidificador as sementes (com as tâmaras, se for o caso) com 1 litro de água. Coe a mistura em um pano de algodão e coloque numa jarra ou garrafa de vidro, dura 1 semana na geladeira. Este leite pode ser bebido ao natural ou em receitas que usam leite de vaca.

Receita de leite de amêndoas, nozes e castanhas

Leite de linhaça

Tem função adstringente, além de ajudar a combater que tem problemas na pele.

Receita:

Para fazer o leite de linhaça deixe as sementes hidratando em água durante 8 horas. Depois, bata bem no liquidificador a linhaça com água, utilizando 1 copo de água para cada 2 colheres de linhaça. Finalize coando. A dica da autora da receita é também substituir a água por água de coco ou ainda por um chá de sua preferência ao fazer o leite de linhaça.

Linhaça

Leite de soja:

Tem fósforo, cálcio, ferro, além de muitas outras. Dá a sensação de saciedade e auxilia no crescimento dos músculos.

Receita: Deixe 1½ xícara de soja de molho por uma noite (os grãos irão dobrar de tamanho). Escorra, bata no liquidificador com 1 litro de água e coe.

soja

Leite de gergelim:

Ótimo para o cérebro, tem ácido fólico, diminui o colesterol ruim além de possuir mais cálcio que o leite de vaca.

Receita:

Coloque 1/2 xícara de gergelins crus de molho em um copo de água de 40 mins. a 1 hora. Descarte a água do molho, adicione 2 copos de água e bata bem no liquidificador. Coe.

gergelim

Para quem tem interesse em fazer seu leite, não deixe de ficar atento as temperaturas, eles não toleram temperaturas elevadas. E para fazer o creme de leite vegetal apenas engrosse-o (acrescentando mais quantidade na receita do ingrediente sólido).

QUAIS OS BENEFÍCIOS DOS LEITES VEGETAIS

  • Contem nutrientes
  • Tem baixo teor de gorduras
  • Não contém lactose
  • Não contém colesterol
  • É digestivo
  • Auxilia a digestão
  • São fontes de antioxidantes
  • Menos calorias

Lembre-se de que antes de trocar sua alimentação você deve ir a um nutricionista que possa te ajudar e indicar o melhor leite e comida para o seu organismo e para o que você está precisando.

 

 

Pin It