Atividade Física e o tratamento de câncer de mama

A Specialità apoia o Outubro Rosa e traz informações importantes sobre a relação entre a atividade física e o tratamento de câncer de mama

Especialista alerta para a importância da atividade física no tratamento do câncer de mama

20 minutos de exercício físico diário é o suficiente para contribuir para melhores respostas ao tratamento convencional da doença

Com a correria do dia a dia, as pessoas estão dando menos atenção à quantidade de exercícios físicos que o corpo necessita – e as consequências disso geram impactos diretos no aumento dos índices de casos de câncer. Estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que 80% dos casos de surgimento de tumores malignos estão relacionados ao nosso modo de vida, sendo o sedentarismo um dos principais protagonistas destas estatísticas.

Atividade física e o tratamento de câncer de mama

Outro dado que reforça essa percepção vem de uma pesquisa realizada recentemente pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), que aponta que a prática frequente de atividade física pode reduzir o risco de desenvolvimento de 26 tipos de câncer, entre eles o de mama, neoplasia que mais atinge a população feminina no Brasil. Estima-se que em 2017 serão registrados 60 mil novos casos da doença, o que faz do câncer de mama o mais prevalente entre as brasileiras, correspondendo a 28% de todos os casos diagnosticados da condição.

Segundo Daniel Gimenes, oncologista do Centro Paulista de Oncologia (CPO) – Grupo Oncoclínicas, é preciso lembrar que mesmo após o diagnóstico de câncer de mama, os exercícios físicos exercem um papel preponderante para a saúde da mulher e evolução positiva do tratamento. “O incentivo à prática constante de atividades físicas e ingestão de alimentos saudáveis surgem não apenas como iniciativas essenciais para frear os índices aumentados da doença como também forma de potencializar o processo de tratamento para mulheres com câncer de mama. Pesquisas científicas sugerem que indivíduos com esse perfil apresentam taxas de sobrevivência maior ao câncer cinco anos após o diagnóstico”, diz o especialista.

O oncologista explica que é importante oferecer à paciente a oportunidade de 150 minutos de atividade física semanal, ou seja, 20 minutos por dia. “O movimento regular faz com que sejam eliminadas do sangue as moléculas de gordura, chamadas de lipídios, que servem como forma de alimento para as células tumorais. Isso significa que os exercícios dão um suporte extra para que o corpo possa combater o inimigo, reduzindo suas chances de crescimento”, afirma o Dr. Daniel.

Essa melhora nos índices de resposta contra o tumor de mama pode ser obtida a partir de mudanças leves na rotina com a adoção de atividades aeróbicas simples, como caminhada, corrida, bicicleta e dança, por exemplo. Outras formas de movimento do corpo como a yoga também são recomendadas. “A prática de movimentos libera substâncias como a endorfina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar, além de contribuir efetivamente para a redução das dores crônicas, fadiga, estresse e melhora no sono”, diz o oncologista do CPO.

Ainda de acordo com ele, tais benefícios oncológicos derivados da prática de exercícios contribuem para a diminuição no risco de recidiva da doença. “Ao colaborar para o controle e redução de peso, a paciente estará também reduzindo as chances de retorno do tumor, já que o sobrepeso e a obesidade são fatores que levam à maior chance de recidiva”, frisa o Dr. Daniel. Outro ponto importante é que a atividade física pode proporcionar a melhora da autoestima da paciente. Contudo, o especialista lembra que a prática não substituí o uso de medicamentos específicos para controle da doença, devendo ser entendido como um aliado.

“Consideramos os exercícios como um complemento dos tratamentos convencionais de quimioterapia, radioterapia, hormonioterapia ou cirurgia de retirada da mama. Dr. Daniel destaca que, embora a atividade física seja importante durante o tratamento de câncer de mama, é essencial que seja praticada respeitando as limitações da paciente. “Se a mulher está sedentária durante anos, não é recomendado que comece com um treino pesado. Todo movimento é benéfico ao corpo e cabe à equipe multidisciplinar envolvida nos cuidados com a paciente orientar sobre as opções adequadas conforme o histórico pessoal, finaliza o especialista.

 

Pin It


Atividade Física na Gravidez

Atividade física na gravidez é recomendado por especialistas?

A atividade física é altamente recomendada durante a gravidez segundo Ginecologista e obstetra Élvio Floresti Junior, que recomenda exercícios para mamãe e bebê ficarem saudáveis. Além de ser benéfica para o bebê e para a mulher, ela ainda ajuda na recuperação pós-parto.

Segundo doutor Élvio Floresti Junior, os exercícios físicos feitos regularmente aliado a uma alimentação saudável diminui a probabilidade de doenças na gravidez como o diabetes gestacional.

Atividade Física na gravidez

“Apesar dos benefícios é preciso ter cuidado, a gestante antes de mais nada deve consultar seu obstetra e avaliar que atividades são indicadas”, alerta doutor Élvio.

Cuidados com a atividade física na gravidez

A mulher que sempre se exercitou deve apenas maneirar no esforço, continuar suas práticas de forma ponderada. “As atividades físicas para grávidas devem ser mais controladas e limitadas. Os profissionais que as acompanharem devem sempre ter cautela em relação as limitações de cada uma”, relata o ginecologista.

Esportes coletivos e de alto contato físico como futebol e basquete devem ser evitados. “Os melhores exercícios são aqueles que trabalham principalmente os músculos que serão utilizados na hora do parto. Atividades aquáticas como natação e hidroginástica são ótimas, pois têm baixo impacto e fazem a futura mamãe se sentir bem, pois proporcionam leveza ao corpo que vem aumentando de peso”, enfatiza.

Na academia, o médico faz um alerta: “Abdominais, ou exercícios que comprimem a região da barriga devem ser evitados principalmente no 2º e 3º trimestre de gravidez. Até por isso, atividades de crossfit com exercícios de alta intensidade não são recomendados”, diz.

Já para as amantes de corrida, a recomendação do Doutor Élvio é buscar um profissional para o acompanhamento. “Se a gestante já pratica corrida regularmente geralmente não há contra-indicações nos primeiros meses de gravidez. Com o tempo, a recomendação é diminuir a distância e substituir a corrida por caminhada, devido ao impacto do esporte. A caminhada diária diminui o risco de diabetes e hipertensão”, esclarece o médico.

“Até as atletas profissionais precisam de cuidados especiais. Os treinos, independente da modalidade, precisam de um acompanhamento ainda maior de um personal e a visita mais frequente ao obstetra”, finaliza.

Sobre o especialista

Doutor Elvio Floresti Junior é ginecologista e obstetra formado pela Escola Paulista de Medicina desde 1984. Possui título de especialista em ginecologia e obstetrícia pela Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e título de especialista em colposcopia. Além disso, é especializado em histerectomia vaginal sem prolapso uterino (sem necessidade de corte abdominal) e está atualizado com as últimas técnicas cirúrgicas como sling vaginal.

Realiza pré-natal especializado e atua em gestações de alto risco.

 

 

Pin It


Metais no sangue dificultam emagrecimento?

Não consegue emagrecer? A presença de metais no sangue pode ser uma explicação

Médico Theo Webert explica como podem atrapalhar as funções da tireoide e dá receita natural de como se desintoxicar de mercúrio, cádmio e chumbometais-sangue-dificultam-emagrecimento

Se você é daqueles que já recorreu a todos os métodos para tentar emagrecer e não conseguiu resultado razoável, um vilão pode ser o culpado pelo seu fracasso: o mercúrio. Na verdade, qualquer metal presente no seu sangue. Isso mesmo, o metal que está no seu corpo. Quem sugere é o médico Theo Webert, que atua em nutrologia e explica cientificamente a razão disso ocorrer.

“A toxicidade do metal pode prejudicar a função neuroendócrina. Em outras palavras, isso significa que a função normal da tireoide pode ser prejudicada a partir de metais tóxicos, como mercúrio, cádmio, chumbo e outros”, explica. O médico transcorre que metais tóxicos são necessários para o funcionamento do corpo humano. “O mercúrio é que provavelmente estamos mais familiarizados, mas o excesso de qualquer um deles traz malefícios”, ressalta o especialista que atende no Rio, São Paulo e Brasília.

Os metais não apresentam qualquer função definida e são incorporados por meio da ingestão de alimentos e água e do ar que respiramos. Como resultado disso, é possível encontrar em um adulto médio quantidades mensuráveis de alumínio, bário, cádmio, césio, chumbo, prata e estrôncio. Pode haver traços de muitos outros metais, incluindo ouro e urânio.

Mas, afinal, por que a conexão entre os metais existentes no sangue e a perda de peso? Segundo o médico, a função da tireoide prejudicada fará como um campo de força invisível em torno de sua gordura corporal. “Há boa evidência científica de que a toxicidade do metal pode prejudicar a função endócrina”, reforça.

O médico lembra que existem inúmeros estudos indicando a relação do chumbo, cádmio e mercúrio com dificuldades no emagrecimento. O especialista lembra que há exames específicos que conseguem medir o nível de metais indesejados dentro do corpo humano. “Sempre recomendo que seu médico requisite o teste tóxico do metal pesado urinário de 3 ou 6 horas usando um agente de rastreamento”, recomenda.

Uma das alternativas para se livrar desses metais indesejados é a boa e velha sauna, devido ao estímulo à sudorese. Além disso, há medicamentos específicos que auxiliam nessa desintoxicação. “É claro que existem procedimentos médicos, como a verificação hepática, por exemplo. Mas após uma avaliação cuidadosa do seu especialista, há casos em que podem recomendar, por exemplo, DMSA ou DMPS”, diz.

DMSA, ou ácido dimercaptosuccínico, e agente dimercapto-sulfônico (DMPS) têm sido utilizados para terapia quelante contra o chumbo ou envenenamento por arsênico. De acordo com Theo Webert, embora poderosos e eficazes, os ácidos podem muitas vezes causar efeitos secundários graves.

“Existe uma combinação quelante completamente inofensiva, eficaz e natural que ajuda a eliminar até 80% dos metais pesados do nosso corpo. A dose simples e adequada de coentro (salsa chinesa) e clorela, que juntos são um poderoso agente quelante para numerosos metais pesados”, ensina.


Lembre-se de procurar sempre um médico! Na internet nós procuramos informações, mas qualquer tratamento só pode ser prescrito por um médico, individualmente.

 

Pin It


Dia da Saúde e Nutrição – alimentos industrializados x saúde

Como manter a saúde em dia frente à praticidade dos produtos industrializados?

Neste dia 31, Dia da saúde e da nutrição, é tempo de dar uma pausa na rotina e pensar nos alimentos que ingeridos diariamente e como isso reflete na saúde. Mesmo que os alimentos congelados, semiprontos e industrializados sejam os grandes aliados para ganhar tempo diariamente, a indicação é clara: “Prefira alimentos in natura”, aconselha a nutricionista Gabriella Alves, da Corpometria – Centro de medicina avançado em avaliação corporal.

Dia da Saúde e Nutrição

Em pesquisa nacional feita pelo Fiesp/Ibope, em 2010, indicou que 34% brasileiros tem propensão a escolher os alimentos de acordo com a conveniência e praticidade, seguindo a tendência mundial. Este quesito ficou a frente de confiabilidade e qualidade (23%), sensorialidade e prazer (23%) e saúde e bem-estar (21%).

Nas academias tornou-se comum a presença de comidas caseiras, segundo Talles Sucesso, professor da academia Bodytech – Lago Sul. Ao invés da alimentação pobre oferecida pelas comidas congeladas, as “marmitas” oferecem tudo o que é necessário para a prática de atividade física.

Maria Francineide, 24, optou por fazer a comida em casa. Mesmo com a rotina cheia, ela começou a fazer exercícios e sempre arruma um tempinho para preparar a própria comida para consumir durante o dia. “A minha família tem histórico de obesidade, então decidi cuidar melhor da minha alimentação e iniciei a prática de exercícios físicos”, conta a faturista hospitalar.

Algumas pessoas optam também por comprar comida voltada ao público fitness, que são comidas caseiras preparadas por empresas especializadas. “Elas são preparadas com um tempero mais saudável, com menos sódio e uma quantidade adequada de carboidrato”, destaca o personal trainer.

Plano Alimentar

A execução de um plano alimentar saudável e prático é completamente possível. “Alimentos in natura podem ser tão práticos quanto fast-foods! Há algo mais prático que uma fruta?”, questiona a nutricionista Gabriella. A alimentação equilibrada e natural fornece todas as vitaminas e minerais necessários a nutrição do organismo. Já uma alimentação rica em industrializados é limitada em nutrientes.

A indicação de Gabriella é que o consumo de comidas prontas deve ser feita somente em último caso e na hora da escolha, dar preferência aos que tem menos sódio. O segredo é que quanto maior o prazo de validade, mais componentes químicos ele contem. “Quanto maior o tempo de prateleira, mais atenção deve-se ter ao produto pois ele provavelmente contém alta concentração de corantes e conservantes. O teor de sódio também deve ser considerado, dando preferencia aos produtos com menor proporção desse componente”, adverte.

A melhor forma de obter um plano alimentar individualizado é através de um nutricionista. O profissional capacitado irá levar em consideração todas as especificidades do indivíduo e propor uma dieta que seja condizente com a sua rotina, tornando viável alimentar-se da melhor forma mesmo na rotina mais atarefada.

 

 

Pin It


Feliz 2017

Feliz-2017

Um 2017 feliz começa agora em 2016

2017 já está chegando e nós resolvemos fazer este post para quem está pensando em adiar seus planos de uma vida saudável (novamente) para o ano que vem. É muito comum que as pessoas façam planos no dia 1º de janeiro e antes do fim deste primeiro mês já tenham se esquecido de metade deles, não é? Agora então, quase dezembro, quase Natal, quase Ano Novo… por que fazer novas promessas na virada do ano em vez de recuperar as que ficaram para trás no ano passado?

Feliz 2017

 

Durante todo o ano de 2016 o blog da Specialità Fitness deu dicas, buscou receitas, postou lindas fotos de looks inspiradores para malhar e mostrou alguns exemplos de pessoas que atingiram seus objetivos com muito esforço, treino, dedicação e uma vida saudável. Tudo isso pensando em motivar cada leitor e cliente, afinal não queremos ser somente uma loja de roupa de academia, mas queremos andar junto com quem busca melhorar sua qualidade de vida!

pro·cras·ti·nar
(latim procrastino, -are)

verbo transitivo

1. Deixar para depois. = ADIAR, POSTERGAR, PROTRAIRANTECIPAR

verbo intransitivo

2. Usar de delongas. = DELONGAR, DEMORAR, POSTERGARABREVIAR, ACELERAR, DESPACHAR-SE

“procrastinação”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/procrastina%C3%A7%C3%A3o
Nunca a procrastinação foi tão evidente quanto nos dias de hoje. Além do agito da vida moderna, existem hoje muito mais opções de distrações de fácil acesso – é fácil se perder no tempo com um celular na mão, olhando o Facebook e tantas outras redes sociais, ligar a TV e mudar centenas de vezes os canais para achar um programa para assistir. A ideia é nadar contra a corrente e fazer atividades que nem sempre estão ao nosso alcance. Andar um pouco mais a pé, pegar a bicicleta, conhecer aquele parque da sua cidade que todos os turistas já visitaram, menos você! Subir a escada do prédio, sair do sofá, brincar com o filho. Coisas simples, outras nem tanto, mas coisas que de fato podem fazer com que você se pergunte porque não fez isso antes!
Feliz 2017
Nunca é tarde! Novembro não é tarde, nem dezembro. Aliás, Janeiro sim, pode ser tarde, não empurre seus planos por mais um mês, um ano, uma década! Pense no que pode ser feito agora mesmo para começar hoje um feliz 2017, 2018, 2019…
Pin It


Exercícios na gravidez

Gravidez não é doença – com o aval do seu médico, continue sua rotina de exercícios!

A gravidez não é motivo para deixar a atividade física de lado e se tornar uma pessoa sedentária. O exercício físico é na verdade, um aliado excelente nessa situação. Os benefícios são inúmeros tanto para a mãe quanto para o bebê.

O treino promove força e resistência, que ajudará o corpo a carregar o peso extra da gravidez e diminuir as dores e incômodos que a gestação provoca, preparará também para o esforço do parto e ainda colaborará para que o corpo volte à forma após o parto, além de diminuir o estresse causado na gravidez.

Se a mulher já tiver um condicionamento físico ótimo, a possibilidade de manter um bom nível nas atividades aumenta, afinal ela não vai mudar de exercício nem pegar pesado tão cedo. E para quem pratica musculação ou exercícios de alto impacto deve consultar um profissional antes de continuar a praticá-los. Se você mantiver um pré-natal com acompanhamento adequado, fique tranquila e aproveite os benefícios da atividade física na gravidez!

exercícios Fisicos na gravidez - Bella Falconi legging jeans

BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ

  • Diminui o desconforto físico
  • Mantém o humor estável
  • Fortalece a postura
  • Equilibrar o movimento intestinal
  • Ativar e fortalecer as articulações
  • Melhora o aspecto da pele

Atividades fisicas na gravidez

  • Natação e hidroginástica – evita as dores gravitacionais e diminui as dores lombares
  • Ioga – melhora a flexibilidade
  • Caminhada – melhora o condicionamento cardiovascular e diminui o estresse
  • Pilates – previne a perda do tônus muscular, melhora a postura e a respiração
  • Ginástica – Ajuda a melhorar a resistência muscular e cardiovascular, mas não pode ser feita com cargas elevadas

Saiba que os cuidados com as grávidas na hora de praticar exercícios físicos dobram, afinal beber muita água e se manter hidratada é fundamental, não ficar em lugares com alta temperatura, usar protetor solar (o sol aumenta as manchas na pele de gestantes) e usar roupas de academia leves e soltos também são dicas a serem seguidas.

É muito importante que você consulte seu obstetra para que ele diga qual a melhor opção de exercício físico para a sua condição e seu corpo, afinal, na época da gestação o organismo precisa de mais oxigênio, e pode estar passando por alguns problemas de saúde como a pressão alta, que pode afetar na gravidez fazendo com que o profissional restrinja a prática de exercícios. CONSULTE SEMPRE SEU MÉDICO!

Sinal de alerta!

Sintomas e sinais de excesso de exercicio fisico na gravidez

Depois que o bebê chegar, a vontade de fazer exercício será menor, afinal o corpo vai estar cansado para isso, saiba que, quanto antes voltar a se exercitar mais rápido seu corpo irá acostumar, porém caso ainda esteja cansada, relaxe que com o tempo tudo voltará a rotina normal.


Relaxe e aproveite esse momento! Consulte sempre seu médico de confiança e evite fazer exercícios por conta própria – entre em contato com um profissional para melhores orientações!

Pin It